Busca
 
Dra Sylvia Faria Marzano
Fone:
(11) 4221-5236
 
Parcerias:
 
Herpes Genital

HERPES GENITAL

As infecções causadas pelos vírus do Herpes afligem a humanidade há séculos. Uma dessas infecções, o Herpes Genital, é considerada dentre as doenças sexualmente transmissíveis, a de mais rápido crescimento numérico.
Milhões de pessoas no Brasil têm Herpes Genital, e infelizmente, a cada ano, dezenas de milhares de homens e mulheres, a maioria entre 18 e 35 nos, poderão contrair essa infecção.

  • Se há suspeita = consulta médica
    Se você desconfiar de que tem Herpes, consulte imediatamente seu médico urologista.

O QUE É O HERPES GENITAL?
É uma doença altamente contagiosa, que persiste por toda a vida, costumando reaparecer uma vez ou outra. A forma inicial de contágio é a relação sexual com pessoa que esteja com Herpes Genital em atividade.

SINTOMAS DO HERPES GENITAL
Os sintomas do Herpes Genital são mais graves na primeira infecção e aparecem poucos dias depois do contato sexual.
Inicialmente costuma ocorrer: ardor, coceira e vermelhidão no local(pênis).
Em certas ocasiões, febre e aumento dos gânglios também podem acontecer. Estes sintomas agravam-se por volta do terceiro dia, formando-se bolhas que se transformam em úlceras muito dolorosas. A doença aguda pode durar de 2 a 4 semanas.

RECORRÊNCIAS
Uma vez dentro do organismo , os vírus entrarão numa fase "quieta", esperando para "atacar" e causar novas infecções. São as recorrências. Algumas pessoas nunca têm recorrências; outras, só de vez em quando; e outras, freqüentemente. Muitas sofrem a recorrência meses após a primeira infecção.
Nas recorrências, antes que se apresentem as lesões, podem aparecer sintomas iniciais de advertência, tais como ardor e coceira, no mesmo local onde surgiram as lesões da primeira infecção ou muito próximo dele.

O QUE ORIGINA AS RECORRÊNCIAS
Ainda não se sabe exatamente o que faz com que o vírus volte a provocar as lesões. Consideram-se como fatores prováveis: tensão emocional, fadiga, mudanças bruscas de temperatura, etc. Geralmente as recorrências costumam ser menos graves que a primeira infecção.

PORQUE É IMPORTANTE CONSULTAR O MÉDICO?
Muitas pessoas portadoras de Herpes Genital, na tentativa de curá-lo, recorrem a remédios caseiros. Isso pode causar sérios problemas, já que existem outras doenças que apresentam sintomas parecidos, mas cujo tratamento é totalmente diferente. Por isso, suspeitar é perigoso.
Somente o médico urologista pode ajudar seus pacientes com Herpes Genital aconselhando e informando o modo de se cuidarem e também evitando que venham a infectar outras pessoas.

CONSELHO PARA O PACIENTE

* Evitar contato sexual na presença de feridas.
* em se tratando de doença sexualmente transmissível use sempre preservativos.

LEMBRE-SE: O HERPES GENITAL DEVE SER TRATADO PELO MÉDICO.

INSTITUTO ISEXP: Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática

Rua Rio Grande do Sul, 1010 apto 122 12 andar - São Caetano do Sul - SP
CEP: 09510-021 - Fone: (11) 4221-5236

42627 acessos desde 1 de setembro de 2003.