Blog‎ > ‎

É possível aumentar o pênis?

postado em 7 de out de 2018 09:57 por Daniel Antunes Paiva   [ 3 de dez de 2018 04:41 atualizado‎(s)‎ ]

Você gostaria de ter um pênis maior?

Muitos homens desejam aumentar o pênis, e evidentemente, o interesse é ainda maior entre aqueles que têm genitais pequenos, e inclusive, podem apresentar problemas psicológicos devido a isso, afetando seus relacionamentos pessoais e profissionais.

A cirurgia para o aumento do pênis pode adicionar até 5 cm de comprimento. Trata-se de um valor significativo, ainda mais levando em consideração que um pênis de tamanho normal apresenta cerca de 12 cm de comprimento.

De fato, os tamanhos penianos variam conforme as raças. Os japoneses (não os mestiços) geralmente têm uma genitália menor que a média mundial, ao contrário dos negros. Porém, evidentemente, há exceções.

A faixa etária dos pacientes que buscam aumentar o tamanho do pênis oscila entre 20 a 40 anos. Isso se explica pelo fato desse intervalo representar a época de maturidade sexual do indivíduo.

Entre os homens há a ideia de que um pênis mais comprido ou espesso preenche melhor a vagina da mulher. Esse raciocínio tem lógica, contudo, um pênis de cerca de 4 cm já é o suficiente para levar ao mulher ao orgasmo. 

Cirurgia de aumento peniano

Em casos de pacientes que possuem o chamado micropênis, o comprimento pode chegar a apenas 2 cm, atingir 7 cm após a cirurgia, e com a introdução de uma prótese alcançar até 10 cm.

Normalmente, os convênios médicos não cobrem a cirurgia de aumento peniano, exceto se devido a uma má formação congênita o paciente tiver um micropênis.

Como é o procedimento cirúrgico

Há três incisões. Inicialmente, o cirurgião realiza um pequeno retalho em forma de triângulo na região do púbis, e em seguida o rebaixa, fazendo com que passe a integrar o pênis. O ligamento suspensório é rompido e a prega peno-escrotal, que tem a função de segurar o pênis, é cortada, para que assim o genital fique ainda mais estendido. A cirurgia é feita com anestesia peridural ou local de sedação, e não é necessário internação.

Riscos

A parte funcional do pênis não é manipulada. Isso significa que o procedimento não prejudica a ereção e nem a libido.

Pós-operatório

O pós-operatório não é doloroso, pois são usados antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos. As relações sexuais são liberadas em cerca de 60 dias após a cirurgia, e o retorno as atividades laborais pode ocorrer após 7 dias.

Resultados

Depois da cirurgia, é como se o paciente reiniciasse sua vida sexual. O indivíduo costuma a passar por uma reformulação mental. No início, é até salutar frear a impulsividade sexual do paciente.

Outros procedimentos

Prótese para aumento peniano

A prótese expansora é constituída por silicone, possui a forma de "L" e é introduzida entre o ligamento rompido na cirurgia e o púbis. Com isso, é possível obter mais 2 ou 3 cm de comprimento. Todavia, a colocação desse tipo de prótese não é usual. O mais comum é realizar apenas a cirurgia.

Técnica para engrossar o pênis

O procedimento é simples, realizado com anestesia local na base do pênis, não requer internação e consiste na introdução de colágeno, material que não é absorvido pelo corpo, portanto, os resultados são permanentes e podem até dobrar a espessura peniana.

Substâncias injetáveis para engrossar o pênis e prolongar a ereção

Existem algumas substâncias, como a prostaglandina e a papaverina, que quando injetadas no pênis o deixam mais grosso e rígido durante horas, porém, em longo prazo poderão causar fibrose no pênis e assim levar a problemas de ereção. Geralmente, atores pornográficos utilizam esse tipo de produto.

Pomada para engrossar e enrijecer o pênis

Desenvolvida recentemente, há uma pomada que, se usada antes do ato sexual, deixa o pênis mais grosso, comprido e rígido. O efeito do composto dura cerca de uma hora, tempo suficiente para a atividade sexual. Depois desse período, o pênis volta ao normal.

Essa pomada é feita à base de uma substância chamada verapamil, que dilata os vasos e amplia a quantidade de sangue deslocada ao pênis, e devido a isso ela também é usada no tratamento de problemas circulatórios.

Bomba peniana e tensores

A bomba peniana e os tensores são pouco eficazes para o aumento peniano. Todavia, não se pode afirmar que esses aparelhos geram risco de romper algum ligamento. De maneira geral, nenhum dos aparelhos anunciados na internet funcionam.

Exercícios de alongamento do pênis

Existem alguns exercícios de masturbação que prometem alongar o pênis, porém, de acordo com muitos urologistas, tais métodos são ineficazes.

Comments